terça-feira, janeiro 24, 2017

Atividades da BE/CRE do 1º Período

Jornadas pedagógicas/ aprender 

com a Biblioteca Escolar


Durante as Jornadas Pedagógicas, que decorreram durante a semana de 6 a 10 de setembro,  as professoras  bibliotecárias, Graciete Monteiro e Emília Fernandes,  dinamizaram uma palestra subordinada ao tema «Aprender com a Biblioteca Escolar—Integração das literacias nas aprendizagens». Esta atividade desenvolveu-se em duas sessões. A primeira  destinada a professores do 2.º e 3.º ciclos; a segunda destinada a professores do pré -escolar e 1.º ciclo.


Receção aos alunos e Encarregados de 

Educação do 5.º ano


No dia da receção aos alunos do 5.º ano, no dia nove de setembro,  os alunos puderam fazer uma visita guiada à biblioteca /centro de recursos. Esta atividade faz parte da preocupação que existe em integrar os alunos e dar a conhecer todos os locais de interesse para a sua vivência escolar.


Tutores e professores colaboradores

De forma  a apetrechar a biblioteca escolar com os melhores  recursos humanos,  a responsável pela BE/CRE, professora Graciete Monteiro, formou uma equipa de tutores e professores colaboradores.

Esta nova equipa proporciona toda a ajuda que os alunos, que frequentam este espaço, solicitam, nomeadamente na ajuda  para a  realização de trabalhos de casa, pesquisas, preparação para os testes,  seleção de livros para leitura na escola ou requisição domiciliária, impressão de documentos.

O grupo de tutores é formado por quarenta e um alunos do 6.º ao 9.º ano. Os alunos do 5.º ano só integrarão no segundo período esta equipa. As inscrições decorrem até à primeira semana de janeiro.
Neste período, os tutores Madalena Costa, André Morais, Maria Margarida, Adriana Fernandes e Francisco Lima apresentaram a cerimónia de entrega dos diplomas de valor e excelência. Outros, ainda,  declamaram poemas para abrilhantar o espetáculo oferecido ao público presente.

A BE/CRE  destacará, ainda, nas suas atribuições, o Projeto das Literacias da Informação e da Leitura.

Newton gostava de Ler


Decorreu de 7 a 11 de novembro, na escola Agualva 3, durante a “Semana da Matemática” a replicação “A arte de calcular” para os alunos do primeiro e segundo anos e “Enigmatemático” para o terceiro e quarto anos.

As sessões foram dinamizadas pelas professoras bibliotecárias, Graciete Monteiro e Emília Fernandes. Participaram nestas atividades 284 alunos e 12 professores.

As professoras Graciete Monteiro e  Conceição Moscoso, no âmbito da replicação do projeto “Newton gostava de ler”, dinamizaram uma sessão subordinada ao tema “Sais de Banho”.
Este workshop destinou-se aos alunos do Ensino Especial.

No dia 9 de dezembro, foi dinamizada uma sessão especial para os tutores da BE/ CRE subordinada ao tema “Química em festa”. A leitura da obra “ Óscar e a Senhora Cor-de-Rosa” de Eric Emmanuel Schmitt esteve a cargo das professoras Conceição Moscoso e Graciete Monteiro e as diferentes atividades experimentais foram apoiadas pelos professores Isabel Mogo, Catarina  Ramos e Leonildo Almeida.

Os alunos deliciaram-se a despir o ovo, a fazer uma água-de-colónia, a construir um candeeiro de lava, a saborear um chá e a fazer um bolo na caneca.

Os 25 tutores presentes apreciaram esta prenda antecipada de Natal oferecida pela professora bibliotecária, Graciete Monteiro, e pela auxiliar de ação educativa, D. Virgínia Nunes.



Projeto "Tons de Outono"


A BE/CRE acolheu  uma exposição subordinada ao tema “Tons de Outono” que agregou a comemoração das efemérides: Dia da Música; Dia do Animal; Dia da Água.

Esta atividade, que envolveu professores de Educação Musical, Português e Ciências Naturais, integra o Projeto de Literacia do 5.º e 6.º anos.

Fazendo jus às suas competências, a BE/CRE colaborou ativamente na dinamização de etapas muitos importantes para o desenvolvimento desta atividade. Aqui, as turmas contactaram  com fontes documentais, registo bibliográfico dos documentos consultados, resumos e citações de informação selecionada para a produção de cartazes e apresentação oral dos mesmos.

As exposições temáticas elaboradas pelos alunos estiveram patentes neste espaço. Um dos pontos altos relacionou-se com a exposição “Pão por Deus” e “S. Martinho". Além dos trabalhos, os alunos do 6.º C vivenciaram  a atividade cantando e recebendo “Pão por Deus”.


As lendas de Sintra e "Os ratos da Biblioteca"


No dia nove de novembro, sete turmas da escola básica 2,3 António Sérgio participaram numa sessão dinamizada por Miguel Aboim sobre “As lendas de Sintra”.

Inserido nas atividades das bibliotecas escolares, os alunos do 7.º D; 8.º B, C e D e 9.º A , C e D puderam ouvir lendas que surgiram a partir de factos históricos ocorridos em Sintra.
Além de uma visita pelo património literário, o convite estendeu-se ao património arquitetónico e cultural. 

Miguel Boim, “O caminheiro de Sintra”, conseguiu recriar no auditório, os espaços que estiveram na origem de tantas lendas; estimulou os sentidos através de  silêncios intencionais e descrições  de ambientes que apelavam à imaginação dos presentes.

Conhecer as histórias que nasceram aqui tão perto aguçou, certamente, o gosto dos alunos  pelo nosso concelho e a vontade de visitar estes espaços cheios de mistério.

Exposição "Livros que marcaram a História"


Durante duas semanas, entre os dias 21 de novembro e dois de dezembro, esteve patente na BE/CRE  a Exposição Itinerante Santillana, da autoria de Maria José Marques .

A autora selecionou quinze obras, a respeito das quais apresentou um conjunto de informações com o intuito de dar a conhecer o seu contributo literário, artístico, científico e cultural. Além disso, explicitam-se alguns factos históricos que poderão ajudar a compreender a época e a influência que elas e os seus autores  produziram, após a sua publicação. A cada livro corresponde um painel e estes estão organizados de forma cronológica.

A exposição esteve aberta a todos os alunos que puderam realizar atividades de exploração pedagógica.

Visitaram esta exposição 361 alunos, apoiados por professores de diferentes áreas, nomeadamente Português, História,  Físico-Química, Educação para a Cidadania, Educação Moral e Religião Católica.


Além dos guiões que acompanhavam cada painel, os professores desenvolveram atividades em sala de aula. Está, também, disponível um questionário online  que permitirá aos alunos testar os seus conhecimentos sobre os autores  patentes na exposição.

Os alunos aderiram com entusiasmo,  revelando motivação, interesse e curiosidade.  Este agrado ficou bem patente nas opiniões que registaram no final da visita e na qualidade dos trabalhos realizados.


Feira do Livro e Campanha de Solidariedade de Natal

Durante o mês de dezembro decorreu, nas BE/CRE das escolas António Sérgio, Agualva 2 e Colaride, a Feira do Livro de Natal, aberta a toda a comunidade escolar. Esta feira teve o apoio da Nova Optimapress.

Com a colaboração de toda a comunidade escolar, a BE/CRE dinamizou, também , a angariação de bens alimentares e vestuário para distribuir pelos alunos mais carenciados. Foram entregues 25 cabazes.


Estatística de utilização da BE/CRE  
1º Período


Requisição domiciliária por ano




Tipo de utilização

A BE/CRE é utilizada por alunos e professores para os mais diversos fins. Além da realização de trabalhos de casa e de grupo, leitura de livros, uso de computadores para pesquisas e processamento de texto, destaca-se a requisição  domiciliária, num total de  812 obras , e de baús para a sala de aula, uma vez que saíram 230 , num total de  3220 obras.




quinta-feira, novembro 10, 2016

As lendas de Sintra e "Os ratos da Biblioteca"


No dia nove de novembro, sete turmas da escola básica 2,3 António Sérgio participaram numa sessão dinamizada por Miguel Aboim sobre “As lendas de Sintra”.
Inserido nas atividades das bibliotecas escolares, as turmas do 7.º D; 8.º B, C e D e 9.º A , C e D puderam ouvir lendas que surgiram a partir de factos históricos ocorridos em Sintra.
Além de uma visita pelo património literário, o convite estendeu-se ao património arquitetónico e cultural.
Miguel Boim, “O caminheiro de Sintra”, conseguiu recriar no auditório, os espaços que estiveram na origem de tantas lendas; estimulou os sentidos através de  silêncios intencionais e descrições  de ambientes que apelavam à imaginação dos presentes.
Conhecer as histórias que nasceram aqui tão perto aguçou, certamente, o gosto dos alunos  pelo nosso concelho e a vontade de visitar estes espaços cheios de mistério.



quarta-feira, abril 27, 2016

Exposição: No início era a semente

A Biblioteca Escolar acolhe a exposição itinerante “No início era a semente” do Centro de Ciência Viva de Sintra até dia 4 de maio. Esta exposição contempla a formação e desenvolvimento das sementes desde a formação da semente até à idade adulta.


quarta-feira, abril 13, 2016

Newton gostava de ler: A Salvação de Wang-Fô

No dia 12 de abril, pelas 15h15m, na BE/CRE da Escola EB 2,3 António Sérgio, decorreu o Módulo II, da Quarta Sessão do Projeto “Newton gostava de ler”, intitulado Drifrat`arte. 

Foi ouvida a narração livre e resumida do conto "A Salvação de Wang-Fô" por Marta Condesso, do Centro de Ciência Viva de Aveiro.



Foram realizadas várias atividades com óculos de difração para verificação de fenómenos óticos
  • Atividade 1: Observar com os óculos imagens diversas.
  • Atividade 2: Dispor vários objetos com cores diferentes sobre cartolina preta e observar com os óculos. 
  • Atividade 3: Pintar um desenho com várias cores tendo em atenção que, com os óculos postos, os objetos vão adquirir profundidades diferentes consoante a cor escolhida. Deve-se pintar o fundo e as zonas de separação entre cores a preto ou azul-escuro. Observar com os óculos.






Participou a turma 7ºD com a diretora de turma e professora de português, Hélia Reis, e dos professores: João Calaim e Fernanda Lobo de Ciências Naturais, Isabel Mogo de Física e Química, Carlos Valente e Orlete Cancela de EV/ET, Zélia Amado de Inglês, Dona Virgínia Nunes, a professora bibliotecária Emília Fernandes e dinamizada pelos professores Graciete Monteiro e João Lopes. Estiveram presentes as monitoras do Centro de Ciência Viva de Sintra, Idalina Lourenço (Coordenação Educativa) e Sandra Soares (Gestora de Ciência e Tecnologia). Estiveram ainda presentes cinco tutoras da BECRE, de quinto ano.

A atividade decorreu com grande entusiasmo e empenho de todos.

quarta-feira, abril 06, 2016

Noticías da Semana da Leitura

Decorreu entre os dias sete e onze de março a Semana da Leitura. Durante estes dias fizeram-se várias atividades que deram resposta ao tema deste ano “Elos de Leitura”. Para tal contribuiu a partilha em sala de aula, que envolveu turmas de diferentes anos e ciclos, dramatizações, exposições, feira do livro usado


Integrado no Encontro Internacional de Contos da Lusofonia em Agualva Mira-Sintra, no dia dez de março, as escolas do agrupamento contaram com a presença de Cláudia Semedo, contadora de histórias.

O último dia foi dedicado, especialmente, ao Sarau e, como é habitual, o auditório foi encontro de leituras. Mais uma vez, a partilha aconteceu  com o envolvimento de vários elementos da comunidade escolar, principalmente pais e encarregados de educação. 
A presença do contador de histórias, Ângelo Torres, e o lançamento do livro “Os pequenos Grandes Escritores” foram, também, momentos altos que coroaram uma semana de intenso trabalho. 

Colaboraram na organização do evento, vários alunos tutores da BE/CRE, apresentando o Sarau, dramatizando excertos do “Auto da Barca do Inferno” de Gil Vicente e declamando poemas

Da análise do número de elementos envolvidos ressalta a dinâmica de toda a comunidade e a importância da BE/CRE que continua, assim, a dar um forte contributo para a criação dos elos afetivos, culturais e intelectuais necessários para a formação integral dos alunos.

segunda-feira, fevereiro 15, 2016

Dia da Internet mais segura - RBE


Dia da Internet mais Segura

No dia 9 de fevereiro de 2016, comemora-se o Dia da Internet mais segura, a que a RBE se associa. As bibliotecas escolares têm um papel fundamental na abordagem dos temas da segurança digital entre alunos, professores, assistentes operacionais, encarregados de educação e pais. Assim, espera-se que desenvolvam atividades nesta área ao longo do mês de fevereiro. A Seguranet convida a as escolas a registarem-se para poder dar visibilidade às ações promovidas.
Para além dos recursos disponibilizados pela Seguranet, chama-se também a atenção para uma publicação conjunta do Facebook (2015), MediaSmarts e MiudosSegurosNa.NetPensa antes de partilhar, e para a iniciativa a ela associada. Também é de destacar a infografia produzida a partir do estudo realizado pelo Facebook sobre o uso das plataformas digitais na Internet pelos jovens portugueses entre os 14 e os 18 anos.
A Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P., na qualidade de coordenadora do Consórcio Internet Segura, promove o Seminário Dia da Internet Mais Segura, que se realiza no próximo dia 4 de fevereiro às 9h30 no Auditório 2 do Fórum Picoas. Organizado pelo Consórcio Centro Internet Segura, em colaboração com a Fundação PT, e alusivo ao tema “Faz a tua parte por uma Internet melhor”, o Seminário pretende envolver especialistas e representantes de diversas áreas de atuação na sociedade, designadamente académicos, psicólogos, forças de investigação criminal, media, entre outros, na discussão sobre os atuais desafios que a utilização da Internet suscita no comportamento das pessoas e dos jovens, em particular.
A participação é gratuita e limitada à capacidade do auditório. Inscrições e programa em https://sid2016pt.eventbrite.pt.

Como Proteger Crianças e Jovens Destes Riscos Online


Como Proteger Crianças e Jovens Destes Riscos Online?

A segurança de crianças e adolescentes na Internet é hoje alvo da atenção de famílias, escolas e comunidades. Isto para não falar de governos (locais e centrais), empresas do sector das tecnologias de informação, órgãos de comunicação social, etc.

Perigos reais para crianças e jovens na utilização da Internet. De acordo com o relatório final de um programa piloto financiado pela Comissão Europeia em 1999, no âmbito do seu Plano de Acção Para a Utilização Segura da Internet, as preocupações com os perigos associados à utilização da Internet por crianças e jovens, são bem reais e podem ser agrupados em três categorias:
  • Conteúdos impróprios, legais ou ilegais, tais como a pornografia, pornografia infantil, violência, ódio, racismo e outros ideais extremistas, estão facilmente disponíveis a crianças e jovens através de uma grande variedade de dispositivos. Para além de poderem ser inadequados e prejudiciais a um desenvolvimento harmonioso, podem mesmo ofender os padrões e valores segundo os quais pretende educar os seus filhos ou educandos.
  • Contactos potenciais por parte de pessoas mal intencionadas, que usam o email, salas de chat, instant messaging, fóruns, grupos de discussão, jogos online e telemóveis para ganharem acesso fácil a crianças e jovens e que poderão desejar fazer-lhes mal e enganá-las, representam uma verdadeira ameaça.
  • Comércio - práticas comerciais e publicitárias não-éticas que, não distinguindo a informação da publicidade, podem enganar crianças e jovens, promover a recolha de informações que violam a sua privacidade e promover a venda directa a crianças, atraindo-as a fazerem compras não autorizadas.

Seis anos passados, os três C's (Conteúdos, Contactos e Comércio) apontados como as maiores ameaças à segurança online de crianças e jovens, precisam de ser actualizados para incluir:
  • Comportamentos irresponsáveis ou compulsivos que, aliados ao uso excessivo da tecnologia, podem resultar na redução da sociabilidade e do aproveitamento escolar, podendo mesmo conduzir à dependência. De facto, a American Psychological Association tem vindo a alertar para o facto de que é possível que crianças, jovens e adultos podem tornar-se psicologicamente dependentes da Internet (IAD - Internet Addiction Disorder) e que esta perturbação se pode dar com outras tecnologias como é o caso dos jogos vídeo (online e offline).
  • Copyright - a violação dos direitos de autor, resultante da cópia, partilha, adulteração ou pirataria de conteúdos protegidos pela lei, tais como programas de computador, textos, imagens, ficheiros de áudio e/ou vídeo, para fins particulares, comerciais ou de plágio em trabalhos escolares ou outros, pode resultar em graves problemas de natureza jurídica e até financeira.

Para mais informação sobre estes riscos e como os prevenir, subscreva a newsletter gratuita MiudosSegurosNa.Net.


Fonte: Miúdos Seguros na Net (http://www.miudossegurosna.net/)




Dia da Internet Mais Segura 2016 - SeguraNet

No próximo mês de fevereiro celebra-se o Dia da Internet Mais Segura (9 de fevereiro de 2016). Ao longo dos anos, o Dia da Internet Mais Segura tornou-se um evento marcante no calendário da segurança na Internet, sendo hoje comemorado em mais de 100 países e em todos continentes.
À semelhança dos anos letivos anteriores, o projeto SeguraNet, convida todas as Escolas a promoverem atividades no âmbito da segurança digital durante o mês de fevereiro.
Para podermos dar a merecida visibilidade às iniciativas próprias de cada escola/agrupamento, solicitamos que procedam ao respetivo registo na página de apoio Atividades das Escolas –Fevereiro 2016.





quarta-feira, fevereiro 03, 2016

Atelier “Pequenos grandes escritores”

Dinamizado pela Grafitexto, que aposta na edição de livros infantis e juvenis, decorreu na nossa escola, um atelier de escrita criativa “Pequenos Grandes Escritores”. 
Esta atividade foi da responsabilidade da BE/CRE em articulação com o Departamento de Português.
Neste primeiro momento, os alunos receberam formação, em sala de aula, por uma escritora, Melissa Completo,  e um escritor, José Carlos Completo; seguidamente, os alunos construirão as suas estórias, que serão editadas num livro.
Nas duas sessões, que decorreram durante o mês de janeiro, participaram  onze turmas: quatro do quinto ano (A, B, C e J), quatro de sexto (B,C,E e G) e três de sétimo (A, C e D).
No dia do Sarau de Leitura, dia onze de março, o livro , que contemplará as melhores estórias das turmas envolvidas, será divulgado e apresentado à comunidade.


(clica aqui para mais informações)



Dia da Internet mais Segura 2016

"Faz a tua parte por uma Internet melhor" é o mote do Dia da Internet mais Segura em 2016. Portugal assinala a efeméride europeia no dia 4 de fevereiro, no entanto, durante este mês serão desenvolvidas várias atividades para refletir sobre o tema. 

Faz a tua parte!

Nota: nas definições (roda dentada) ativa as legendas em inglês e depois escolhe a opção traduzir automaticamente para português.
NEWTON
GOSTAVA DE LER
(módulo V, ano III)

"Creme de mãos"



quarta-feira, novembro 11, 2015

Dia de S. Martinho - Castanhas para todos

A BE/CRE festejou o dia S. Martinho a com uma exposição de trabalhos alusivos à data e realizados pelos alunos bem como a entrega de castanhas a todos os elementos da comunidade educativa. Foi um corrupio! Estavam quentes e boas...



Dia de S. Martinho - Lenda de S. Martinho

“Num dia de vendaval de neve seguia S. Martinho montado no seu cavalo, quando lhe apareceu um pobre homem esfarrapado a tiritar de frio, pedindo esmola. Ao vê-lo, S. Martinho sentiu uma tristeza enorme. Parou o cavalo e, e com a espada, cortou ao meio a capa quente com que se cobria e deu metade ao mendigo. Nesse momento, a tempestade passou, o céu tornou-se azul e um céu luminoso inundou a terra. E para que este milagre fosse lembrado para sempre, Deus decidiu que todos os anos, na época que ele se passou, o inverno desse lugar a um dia lindo de sol, com temperatura amena e céu azul. E é o que sempre acontece.”

LAMAS, Isabel - O Livro das Festas. 4ª Edição:  Impala Editores, S.A., 2003



segunda-feira, outubro 26, 2015

A visita de Richard Towers


No dia Mundial das Bibliotecas Escolares tivemos o privilégio de receber o escritor Richard Towers que nos veio surpreender com um projeto inovador “O Livro-Objeto”.

Durante a manhã, em dois momentos diferentes, apresentou os seus livros, às turmas do 5ºC,5ºD, 5º E e 6ºB (do segundo ciclo) e às turmas do 7ºA, 7ºD, 8ºD e 9ºC, que se deliciaram com as ideias, a leitura de excertos e o acompanhamento musical.


Estiveram também presentes as professoras de português das turmas (Manuela Rebelo, Conceição Moscoso, Rosa Rocha, Paula Castro, Hélia Reis, Graça Oliveira) e Virgínia Caetano) bem como outros professores: José Neves Físico- Química e Isabel Freitas, de Matemática .